PMA prende e autua em R$ 21 mil quatro infratores por exploração de madeira em área protegida por lei

Campo Grande (MS) – Em uma operação no município de Nova Andradina, Policiais Militares Ambientais de Batayporã prenderam hoje (13) à tarde, quatro proprietários rurais por exploração ilegal de madeira em área protegida. A PMA flagrou na reserva legal coletiva (área protegida) do Assentamento São João, os quatro infratores derrubando árvores nativas para a exploração da madeira, sem autorização ambiental.

Os quatro homens de 35, 36, 44 e 50 anos, domiciliados no assentamento, realizaram o corte das árvores da espécie faveiro, com uso de uma motosserra e retiravam as toras com uso de um trator. As atividades foram paralisadas e oito toras de madeira, um trator e uma motosserra foram apreendidos.

Os infratores foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina e responderão por crime ambiental, que prevê pena seis meses a um ano de detenção. Os proprietários rurais também foram autuados administrativamente e multados em valor total R$ 21.000,00.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL QUEIROZ) tel. – 3357-1500