PMA prende e autua em R$ 3 mil dois pescadores por pesca predatória e apreende 38 kg de pescado, barco e motor e petrechos de pesca

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Corumbá e Cassilândia, que trabalham na operação Pesque Legal, dentro da operação Pacificador 67 (PMMS) prenderam na madrugada de hoje (12) dois pescadores por pesca predatória. A autuação ocorreu durante fiscalização na Baía do Distrito de Albuquerque, quando os policiais avistaram os elementos ancorando o barco à margem do rio.
Durante a abordagem, os Policiais encontraram 38 kg de pescado das espécies pintado, cachara, piranha e palmito, havendo exemplares abaixo da medida permitida para a captura prevista por lei. Havia pintado e cachara, medindo respectivamente 73 e 74 centímetros, quando a medida de captura é de 85 e 80 centímetros para as espécies respectivamente.
O pescado, o barco, o motor de popa, duas carretilhas e três molinetes com varas foram apreendidos. Os infratores, um de 50 anos, residente em Carlópolis (PR) e o outro de 44 anos, residente no Distrito de Albuquerque (Corumbá), foram autuados administrativamente e receberam multa de R$ 1.460,00 cada um. Eles responderão por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados poderão pegar pena de um a três anos de detenção.
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS (Contato – TENENTE CORONEL QUEIROZ) tel. – 3357-1500– 99905-7763 (vivo – Whats App) 99106-8628 (claro Whats App) – 98171-4270 (TIM)